domingo, 21 de setembro de 2014

O Homem Sem dinheiro

Foi um livro que demorei a começar a ler, lia o primeiro capitulo e depois parava, recomeçava e parava, não é que o livro não fosse interessante, apenas não estava para lá virada (acontece-me imenso). Até que um dia estava a caminho de Lisboa/Sintra decidi recomeçar a ler e acabei por devorar o livro.

O livro é um relato do autor Mark Boyle de um ano sem dinheiro, achas que é impossível? Se para Mark não foi, para nós também não deveria ser.

Mark começa o seu livro a explicar como funciona a economia actual (foi por esta razão que parava de ler, relembrava-me os 4 anos de economia do secundário e CET), apesar de ser um tema mais complicado do que é explicado no livro, dá para ter uma ideia simples e com exemplos práticos. Sendo o autor formado em economia, decide explicar o porquê de viver sem dinheiro.

O inicio do seu ano sem dinheiro em Novembro, como o Mark vive em Bristol, Inglaterra, iria ser muito complicado viver sem dinheiro sem o mínimo de infra-estruturas. Arranjou uma caravana grátis através do freecycling e foi assim que arranjou as suas infra-estruturas para viver através de trocas, doações e com pouco dinheiro gasto.

Ao longo do livro explica como ultrapassou as suas dificuldades como por exemplo os furos da bicicleta (seu único meio de transporte) e a escassez de comida no inverno. Também encontras dicas para te tornares a vida mais ecológica sem gastos monetários.

É um livro fantástico não só para quem quer viver sem dinheiro numa sociedade onde o dinheiro vale tudo. Para mim viver sem dinheiro está fora dos meus projecto mas sem dúvida vou aplicar muitas dicas que o autor fala no livro.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Agradeço antecipadamente o teu comentário, espero que tenhas gostado deste espaço. A tua Opinião conta muito para mim! Obrigada